Os cinco conceitos que todo cuidador profissional deveria saber

yellow dog paw and human hand shaking, friendship

Jamie Migdal, CPT-KA, fundador e CEO da FetchFind, empresa de treinamento de staff para o negócio de cuidados de animais de estimação, possui um know-how no que é necessário para os negócios relacionados a industria de cuidados Pet crescerem e manterem um staff profissional e qualificado para prestação de serviços. Em artigos publicados anteriormente Jamie apresentou maneiras únicas e inovadoras na busca de profissionais qualificados e como tomar a difícil e sábia decisão de demitir. Agora Jamie apresenta cinco conceitos chave que todo proprietário de Pet Care deveria saber.

Um novo membro começou a trabalhar  com a FetchFind mês passado e, algumas horas em seu primeiro dia, nós entramos em uma discussão sobre treinamento de cachorros. Em um escritório repleto de treinadores, isso pode se tornar bem técnico rapidamente, e a nova funcionária terminar com uma expressão de que não entendeu nada do que todos falaram nos últimos 15 minutos de discussão.

Isto me fez refletir sobre termologias profissionais que falamos sem pensar duas vezes como se fossem comum a todos. Mas para alguém novo na profissão isso pode ser bem confuso e complicado, uma série de palavras e conceitos que não necessariamente são usadas da mesma forma em outros segmentos . Se você é novo nesta indústria  ou no empreendimento/gerenciamento de negócios Pet, quais são os principais conceitos que você deveria saber para exercer de forma eficaz seu papel?

 Baseado no trato e na experiência com meu time de profissionais, aqui estão os cinco principais conceitos que todo dono de daycare, gerente, e funcionário deve saber.

Conceito: Como os cães aprendem

É tudo questão de timing, consistência, e motivação

O que você precisa saber:

Timing. Cachorros vivem no presente. Eles tem 1-2 segundos nos quais associam uma causa a um efeito. Então, eles entendem que estarão sendo recompensados ou punidos por algo que estão fazendo no momento. Isso significa que seu timing deve ser pontual.

Consistência. Não existe área nebulosa para cães, então seu treinamento deve ser claro e consistente. Isto quer dizer que palavras, gestos, e regras devem ser as mesmas para todos que interagem com o cão no intuito de reduzir frustrações e confusões para ambos os lados. Por exemplo, se você não quer que um cachorro pule em você, não permita que isto ocorra em um dia que estiver de bom humor. Quando cães sabem oque esperar, eles se sentem seguros e menos estressados.

Motivação. Sem motivação, não existe comportamento. Pense nisso desta forma: reforço torna o comportamento mais provável, e punição torna-o menos provável. Os comportamentos que você recompensa ocorrerão com mais frequência, e as prendas e recompensas devem ser significativas o suficiente para seu cachorro se motivar no futuro. Por exemplo, se um cachorro não gosta de ser tocado e sua recompensa por ele se comportar de forma positiva é carinho, esta forma não será positiva para este cachorro. Tenha certeza que você utilizará reforços que beneficiarão seu cão. Suas correções precisam apenas serem suficientes para diminuir ou erradicar um comportamento indesejável.

 

Conceito: Hierarquia Humana

Pense nisso como uma versão “pet care” do Juramento de Hipócrates: primeiro, não cause danos.

O que você precisa saber:

A hierarquia humana de procedimentos auxilia a guiar profissionais de cuidados animais através do processo de tomadas de decisões no treinamento de mudança de comportamento. A hierarquia Humana começa nas mais positivas e menos intrusivas estratégias de intervenção. A International Association of Animal Behavior Consultants – Associação Internacional de Consultantes de Comportamento Animal (IAABC) apresenta uma completa “ Hierarquia de Procedimentos para Humanos e Pratica Efetiva” em seu site. (veja http://m.iaabc.org/about/position-statements/lima/hierarchy). Mesmo treinadores e comportamentalistas de cães veteranos podem ter dificuldade em relembrar as minucias da Hierarquia Humana, mas se você lembrar o acrônimo LIMA least intrusive, minimally aversive (menos intrusivo, minimamente aversivo), você não vai se complicar ou proceder de forma incorreta.

Conceito: Reforço Positivo

 A Cachorros (e todos os animais) podem ser ensinados qualquer comportamento com o uso dos Métodos Humanos de Ensinamentos.

O que você precisa saber:

Você conhece a frase “Não esfregue o nariz dele nisso”. Isso data da época quando nós ensinávamos filhotes a fazerem suas necessidades no local correto, esfregando o nariz deles na urina ou fezes encontradas pela casa (não importando quanto tempo se passará entre o ocorrido e a descoberta). Nós ficaríamos chocados ao ver isso hoje em dia, claro, porque a teoria de comportamento animal claramente demonstra que para atingir um comportamento desejável e duradouro, devemos usar métodos de reforço positivo. Recompense e agrade seu filhote imediatamente todas as vezes que ele urinar ou defecar no lugar correto. Caso ele faça no lugar errado, apenas limpe, e tente descobrir o que você fez de errado ou deixou passar, e faça um melhor trabalho da próxima vez. Eu fico sempre, sempre surpreso ao detectar o quão eficaz os métodos de reforço positivo são. Se somos capazes de treinar um hipopótamo a deixar-nos escovar seus dentes, somos totalmente capazes de ensinar um filhote a urinar e defecar no lugar desejável sem a utilização de técnicas dolorosas ou assustadoras.

Conceito: Grupo de Raças

Cães possuem fortes padrões comportamentais que foram adquiridos durante séculos, influenciados por humanos que desejavam estas características nos cães a fim de realizarem certas tarefas (como caça e pastoreio).

O que você precisa saber:

Aprenda as principais características comportamentais de cada grupo de raças. Nem todo cachorro irá demonstrar uma forma pura de comportamento, porém saber se o cão é uma mistura de Terrier ou uma mistura de Hound, pode ajudar-nos a entender o porque eles fazem e oque eles fazem. Uma vez sabendo disso, você estará muito melhor equipado para treiná-los de forma que eles atinjam com sucesso oque é desejado. Você não pode impedir um Beagle de seguir seu focinho, mas você pode com a coleira ensiná-lo a não seguir seu focinho até o próximo estado.

Conceito: Teoria de Dominância

Essa teoria aponta que cães são como lobos, e então nós (como humanos) devemos ser o líder da matilha e impor nossa dominância com técnicas como Papel Alpha e “mordendo” com as mãos seus pescoços e ombros.

O que você precisa saber:

Cães não são como lobos, e técnicas como Papel Alpha são um caminho rápido para uma feroz mordida e reação negativa, além de outros diversos comportamentos indesejáveis. A (finalmente ultrapassada) popularidade da teoria de dominância existe por diversos fatores. Eu acredito que parte desta aceitação em seu início, se deve ao fato de ser facilmente compreendida por humanos, não importando o quão desinformada e perigosa ela realmente é. Na verdade, dominância é uma teoria descredibilizada, a qual nenhum profissional de cuidado animal deveria divulgar e praticar. Ela é perigosa, desatualizada e desnecessária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *